Um grupo de pesquisadoras da Universidade Federal de Minas Gerais criou uma calculadora de risco de mortalidade de pacientes com a COVID-19 para auxiliar profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia.

A ferramenta já está disponível (clique aqui para acessar a calculadora) e utiliza dados objetivos gerados durante a admissão dos pacientes nos hospitais, permitindo identificar o subgrupo de pessoas com maior risco de morrer.

A calculadora utiliza um “escore” (avaliação estatística de risco de morte que utiliza dados clínicos dos infectados) desenvolvido com base nas informações de, aproximadamente, 4 mil pacientes. Sua eficiência para descrever o risco de morte foi confirmada em outro grupo com mais de 1 mil pacientes.

Saiba mais: https://telessaude.hc.ufmg.br/ufmg-cria-ferramenta-que-calcula-risco-de-morte-de-pacientes-com-covid-19/

Calculadora

de risco

de mortalidade

calculadora covid.png

Desenvolvido por uma equipe de médicos e profissionais de tecnologia da informação do Centro de Telessaúde do Hospital das Clínicas da UFMG, o chatbot é um aplicativo em ambiente móvel/web que utiliza árvore de decisão baseada em evidências e inteligência artificial com o objetivo de orientar e informar, de forma automática, o cidadão com dúvidas relacionadas à COVID-19 e/ou avaliar seu estado de saúde.

 

O chatbot inicia conversa com perguntas básicas como nome, idade e sexo. Outras questões, referentes a sintomas comuns da doença, como febre persistente e falta de ar, além de pré-existência de fatores de risco, são feitas, para classificar o paciente por prioridade como emergência, urgência, casos moderados ou leves. Assim, a proposta é indicar ao paciente a hora de ir ao hospital, para evitar sobrecarga dos serviços de saúde e mais disseminação da doença.

Todas as questões foram elaboradas com base em protocolos definidos pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Anvisa, tendo como referência ainda, diversos artigos científicos publicados sobre a  COVID-19 desde o início da pandemia. 

Para utilizar o aplicativo, acesse o ícone de chat localizado na parte inferior direita  deste website, no site telessaude.hc.ufmg.br ou envie uma mensagem para o número de WhatsApp (31)7142-3018.

Chatbot

ana desenho.png

App

O Ministério da Saúde lança o app Coronavírus-SUS com o objetivo de conscientizar a população sobre o Coronavírus COVID-19, para isso o aplicativo conta com as seguintes funcionalidades:

 

- Informativos de diversos tópicos como os sintomas, como se prevenir, o que fazer em caso de suspeita e infecção e etc;

 

- Mapa indicando unidades de saúde próximas;

 

- Em caso de suspeita de infecção, o cidadão pode conferir se os sintomas são compatíveis com o do Coronavírus, e caso seja será instruído e encaminhado para a unidade de saúde básica mais próxima;

 

- Área de notícias oficial do Ministério da Saúde com foco no Coronavírus.

Clique aqui para fazer o download:

Apple Store

Google Play

Jogo

92185902_3009510375800940_57621676423076

JOGUE CONTRA A COVID-19! Um jogo sério para todas as idades.

 

Uma das armas mais importantes no enfrentamento da pandemia da COVID-19 é a disseminação da informação confiável e acessível. É uma estratégia que também salva vidas. A abordagem do público adolescente e dos adultos-jovens na prevenção da contaminação demanda uma abordagem específica, sendo este grupo pouco sintomático e, por isso mesmo, com elevado potencial de propagar o vírus. Pensando neste público, um grupo da Faculdade de Medicina da UFMG, desenvolveu um jogo-sério: COVID-19 Você sabia? 

 

O objetivo é promover mudanças de atitude para reduzir a transmissão do novo coronavírus. É nossa contribuição gratuita e solidária para a sociedade, uma ação de extensão da Faculdade de Medicina da UFMG (SIEX-403725). O conteúdo possui base científica, alinhada com as recomendações universais da Organização Mundial de Saúde. O jogo foi desenvolvido para ser de fácil acesso e uso, em qualquer computador, tablet e mesmo em telefones bem simples.

 

Ele estará amplamente disponível através de acesso à internet. Esperamos que seu alcance se estenda também todos os países de língua portuguesa. 

A COVID-19 não está de brincadeira, mas você pode aprender como se proteger jogando!

Conheça o jogo: https://site.medicina.ufmg.br/covid/home